quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

O JEJUM com limonada

Os leitores reclamaram, então ai vai - como fazer um jejum estilo Burroughs, veja a seguir. d:\dados\ saúde \ higienismo \ jejuns \ jejum mestre . JEJUM MESTRE – plano geral . cronograma para um jejum curativo com limonada . rev. 2 – 01-14. Ao se resolver por um protocolo de jejum curativo usando suco de limão, convém iniciar os procedimentos fazendo uma limpeza gástrica [veja o arquivo] para então passar ao jejum com limonada curativa [veja o arquivo]. Este jejum é diferente dos outros com água ou sucos, pois não causa sensações de estafa nem falta de energia ; não requer repouso algum ; as atividades podem continuar normalmente, com exercícios, caminhadas, academia, etc. ; também a vida profissional não se altera. Antes da fase de jejum, durante a limpeza, é aconselhável tomar chá depurativo de manhã e à noite ; depois, água-sal de manhã e chá à noite. Quando na fase de jejum, as limonadas têm uma receita padrão com xarope de plátano [maple syrup]. Mas há opcionais a ele, com melaço, garapa ou água de coco ; nas duas primeiras, a quantidade é de 2 colheres de sopa, como no xarope ; na terceira, pode-se substituir totalmente os 257 ml de água por água de coco. Já o mel não é aconselhado, como explica o parágrafo relativo a ele no arquivo da limonada curativa. JEJUM - veja abaixo o cronograma do processo : Dia 0 chá de manhã e chá à noite Dia 1 água-sal de manhã e chá à noite Dias 3 em diante água-sal de manhã, limonadas o dia todo, e chá à noite O jejum não pode durar menos de 10 dias ; de 10 a 40 dias é um período padrão ; mais de 40 dias se usa para casos de doenças mais graves, ou crônicas, ou à vontade do jejuador. Não há, entretanto, qualquer contra-indicação para jejuns longos, seja qual for a duração. É bom ressaltar que o processo com limonada curativa supre totalmente as necessidades nutricionais do corpo, então não é necessário usar suplementos nem outros reforços. Mas é preciso atentar para que o jejum é mono fágico – somente se ‘come’ a limonada, e nada mais. Ingerir outros alimentos durante o jejum é prejudicial, pois acarreta esforço extra de eliminação e o corpo se cansa em demasia com isto ; há mesmo o perigo de efeitos colaterais danosos e inclusive de morte. QUANDO ENCERRAR O JEJUM : É fácil ; durante o período de limpeza, a língua fica com muito saburro – é o muco produzido durente a noite e que o corpo trata de eliminar. Então, durante a limpeza de língua de toda a manhã, é só fazer uma inspeção ; quando a língua estiver sem muco, com uma aparência rosada e limpa, é que o jejum está completo. Cabe a cada um decidir se encerra o jejum nesta ocasião ou prossegue com ele ; como explicado acima, continuar em jejum não traz qualquer malefício [pelo contrário]. SAINDO DO JEJUM - mais um cronograma : Dia 1 várias doses de suco de fruta coado ; um só tipo de fruta por vez ; à noite, chá Dia 2 suco de fruta sem coar ; à noite, caldo de vegetais ; antes de dormir, chá Dia 3 de manhã, suco sem coar ; caldo no almoço ; suco de vegetais à noite ; chá ao deitar Dia 4 de manhã, suco ; almoço com salada crua ; janta com vegetais ‘al dente’ ; chá ... Dias 5 em diante alimentação vegetariana normal JEJUM – TUDO DE BOM. ! - mas cuidado, alimentos animais não Nick. .

Nenhum comentário:

Postar um comentário