segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ah, o amor ...

Vejam esta matéria, que interessante !



O AMOR TEM MUITAS FACES
adaptado de uma coletânea de palestras da igreja mana, no Google – O Amor Nunca Falha –.
APRESENTAÇÃO
Pesquisando na Net, encontrei muito material sobre o amor, a maioria provinda de pregadores ; estranho, quase não se encontram materiais de psicólogos ...
De qualquer modo, procurem vocês também em Gert–Jan Bosch, Vilma Lisboa, e no www.igrejamana.com.
Abaixo reproduzo um extrato de apresentações da mana, devidamente expurgado de conotações religiosas.
Como na música do Ivan Lins, o amor faz cada coisa ... que até mesmo Deus duvida.
E tem muitas faces mesmo – eros, ágape, philos – que o tornam holístico.
Um ditado popular diz : A UNIÃO FAZ A FORÇA.
As Escrituras estão repletas de citações, parábolas e trechos sobre amor e união.
Nós todos temos um pouco a trabalhar neste sentido - manter a UNIDADE do CORPO com nossa fé.
Até mesmo Jesus dizia : " Pai, que eles SEJAM UM ... como nós." ; não era uma sugestão do JC, mas uma ordem.
No Novo Testamento aparecem muitos exemplos destes mandamentos sobre o amor ... veja em João : "Um novo mandamento vos dou : que vos ameis uns aos outros, como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis ; nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.".
Este é o maior dos mandamentos, que suplanta todos os outros ; se você amar uma pessoa não lhe vai querer mal, mas só o seu bem.
Muitos são derrotados na vida, porque não sabem ‘andar em amor’.
Hoje em dia, as pessoas chamam de amor qualquer sentimento mais forte do que o normal.
Na verdade, o perfeito é o amor do tipo holístico – e nada fácil de conseguir hoje em dia.
Amor é como a fé : ela nunca funciona se não for misturada com amor.
É como em um automóvel ; pode ser uma "bomba" de um carro ou um novinho em folha ... mas, se lhe faltar o combustível ... não vai levá-lo a parte nenhuma.
Fé é a mesma coisa.
É uma força que traz a si tudo o que as igrejas prometem, sem exigir ‘dízimos’ em troca.
É um escravo seu, que trabalha para você quando você aprende a operar com ela.
É muito importante que você saiba, por exemplo, que exercitar fé sem praticar o amor não funciona !
Podemos então dizer que o amor é necessário à fé, assim como o combustível ao automóvel.
Tudo muito bom, tudo muito bem e muito bonito, mas e na prática ?
Neste breve estudo veremos que existem diferentes formas de amar ; o amor é : perdoar ; não se envolver em contendas, nem guerrinhas, nem discussões ; não julgar ; encobrir a transgressão dos outros ; falar bem das outras pessoas ; é manter a unidade do corpo com o espírito.
AS FACETAS DO AMOR
Existem três grandes classes de amor : 1- ÁGAPE 2- PHILOS 3- EROS
Estes tipos de amor são bons no seu respectivo lugar, mas um deles é o de mais alto grau de todos – o amor que transforma problemas em vitórias – o amor ágape.
O Amor é a maior força que existe no mundo.
Mais poderoso que o ódio, a vingança, o castigo, etc. ...
Se você quiser vingar-se de alguém, ande em amor com essa pessoa ;com certeza você vai vencer.
Bem diferente do que estamos habituados a pensar e ver, esta é a forma como age o universo.
Se nós quisermos ter uma vida de sucesso é assim que também devemos fazer.
ÁGAPE (o amor universal)
Ele é incondicional, não está na dependência de uma resposta positiva : eu te amo se tu me amares também.
Nada disso ; ágape diz : eu te ao mesmo que me rejeites, fales mal de mim, me persigas, me faças mal.
Este amor diz : amo aquela pessoa de qualquer jeito, tal e qual ela é.
Eu amo aquela pessoa quer ela me tenha feito bem ou não, e quer ela me venha a fazer bem ou não.
É um amor que não baseado em sentimentos, nem em interesses pessoais.
O exemplo está no que fez o apóstolo ; fazíamos coisas desagradáveis aos seus olhos, porém, ele continuou a amar-nos esperando que um dia, nos reconciliássemos com ele e lhe fizéssemos a vontade – a do cosmo.
O ágape considera uma pessoa valiosa e preciosa independentemente da sua maneira de ser, daquilo que ela é ou do que faz.
Conta-se uma estória que se passou durante a Segunda Guerra Mundial.
Aconteceu num campo de concentração nazista, do qual um prisioneiro fugiu.
Quando as autoridades descobriram, forçaram os companheiros de cela a confessarem como ele tinha fugido.
Mas, como ninguém ousava falar, então o oficial mandou fuzilar metade daqueles prisioneiros.
A lista foi feita, e entre os condenados estava um homem que costumava maltratar os cristãos que estavam com ele na cela.
No dia seguinte, levaram todos os prisioneiros a assistir à execução.
Exclamou o oficial : "Assim acontecerá a todos aqueles que tentarem fugir deste campo ...".
Foi quando um dos cristãos que estava na mesma cela o interrompeu, dizendo :
"Não fui condenado, mas se me permitir, tomo o lugar daquele ali, que sempre me criticou por eu ser crente ...".
O mesmo se deu com JC há mais de 2 mil anos ; ele não era condenado, nem prisioneiro ; ele era livre, mas nós é que estávamos condenados ; e ele tomou a si a condenação e nos deu sua liberdade ; morreu em nosso lugar, e desceu ao inferno em nosso lugar ; mas ao ressuscitar, venceu nosso opressor, o diabo.
Este é o tipo de amor ágape, o do cosmo ; muito paciente e bondoso, nunca é invejoso ou ciumento, nunca é presunçoso nem orgulhoso, nunca é arrogante, nem egoísta, nem tão pouco rude ; não exige que se faça o que ele quer ; não é irritadiço nem melindroso ; não guarda rancor e dificilmente notará o mal que outros lhe fazem.
Nunca está satisfeito com a injustiça, mas se alegra quando a verdade triunfa.
Se você amar alguém, seja leal para com ele[a], custe o que custar.
Sempre acreditará nela [e], sempre esperará o melhor dela [e], e sempre se manterá em sua defesa.
PHILOS (o amor humano)
Como já dizia o velho ditado, ‘amor com amor se paga’ – a pessoa retribui o amor na medida do amor que recebe.
Muitas pessoas dizem : eu te amo se me deres um bom salário ; e te amo se me fizeres ... bons e grandes favores ...
As pessoas se amam de acordo com os favores que recebem umas das outras.
Por vezes dizem "se alguém me fizer bem, eu gosto da pessoa ; mas se não, não gosto"; sou simpático para quem antes for simpático para mim ..."
Vejamos alguns exemplos de amor fileo :
mães - estas são ‘craques’ em fileo ; segundo a opinião de muitos, o amor de mãe é o amor mais puro ; no entanto, pode antes ser um amor bastante egoísta !
As mães protegem e decidem de tal modo a vida dos seus filhos, que mesmo que eles atinjam a maioridade continuam a ser os seus bebês – quer tenham 5 meses, 5 ou 50 anos ...
Certa vez uma senhora pediu na igreja : " Pastor, ore pelo meu bebê, coitado !" ; ele logo pensou num nenê de colo ; mas quando ela trouxe o seu bebê, ele tinha só 27 anos ...
famílias – há nas famílias um amor mais profundo, mais abrangente que o amor normal, superficial que outras pessoas experimentam.
casais – verificamos o seguinte : enquanto namoravam, o coração deles batia, batia ... ; depois casam, e coração ainda bate um bocado até que se habituam à ideia, e então deixa de bater.
Passados uns anos, e se as meias não estiverem no lugar ou o arroz ficar queimado, parece que o amor voou, fugiu naquele dia.
O marido já não trata a sua esposa com muitos beijinhos; a esposa já não parece muito contente.
Muita esposa, quando zangada com o marido, lhe dá o ‘tratamento do silêncio’ : o marido pergunta alguma coisa, fala com ela, e ela ... nada ... fica calada (amuada) ; este tipo de amor é o philos.
EROS (o amor sensual)
Eros relaciona–se com a área dos sentidos e do sexo.
Hoje em dia, quando se fala de amor, logo se pensa em sexo.
Isto se deve ao fato de, nos últimos anos, a mídia resolveu chamar o sexo de "fazer amor" – nada mais que um eufemismo, para não ferir suscetibilidades ‘dos patrocinadores’.
Bom, não há mal nenhum no sexo.
A Natureza o criou para ser usado no contexto honesto da reprodução e do prazer.
Você, leitor[a], já deve estar ciente de que não se encontra aqui para sofrer ; e que ser feliz é nosso direito – de nascença – nesta vida, não em algum Paraíso edificado pelas elites das igrejas.
O QUE É AMAR ?
Vamos agora rever algumas áreas da nossa vida, em que cada um de nós tem sempre oportunidade de corrigir seus atos pelo caminho do cosmo.
AMAR É PERDOAR
Os Testamentos estão cheios de referencias ao perdão ; entretanto, muita gente – infelizmente cada vez mais – ‘acha’ que é difícil perdoar.
No entanto, creio que esta afirmação surge porque as pessoas já não sabem ao certo o que é perdoar.
Então, o que é perdoar ?
Não é um sentimento ; não é esquecer tudo, quer dizer, fazer uma amnésia !
Perdoar é uma decisão ; o que a pessoa sente não interessa, porque a decisão de perdoar está no coração e a pessoa está livre.
A pessoa pode perdoar e ainda assim continuar a se sentir incomodado[a], aborrecida[o] com a outra pessoa mas, pela lei do cosmo, podemos ver que perdoar é fácil ; é uma decisão.
Há pessoas que se recusaram a perdoar aos outros e acabaram ficando doentes ou paralisadas, e as coisas não funcionam bem na sua vida.
Muitas doenças estão relacionadas à falta de perdão.
É melhor que as pessoas perdoem seu vizinho, colega, patrão ou seja quem for.
Se não, é você que vai ficar mal na vida, pois o universo também não lhe perdoará as suas ofensas.
O universo é pródigo, já nos perdoou todas as nossas ofensas, então não temos o direito de não perdoar as dos outros.
Você também pode ter que acordar cedo para ir trabalhar e não lhe apetecer, mas você sabe que tem que ir, por isso, levanta-se não porque lhe apeteça, mas porque é uma obrigação.
Quando tiver que perdoar alguém, faça-o quer sinta vontade ou não.
Experimente, diga ao universo : ‘olhaqui’, eu perdôo aquela pessoa que me magoou e partir de agora não guardo nada no meu coração contra ela.
Mesmo que no dia seguinte você ainda sinta mágoa, o que interessa é a sua decisão feita na véspera e a pessoa está perdoada e o seu coração está limpo.
Se a outra pessoa não quiser lhe perdoar ou, pior, se perdoar, o problema é dela, já não é seu.
Há uma estoriazinha que vem bem a calhar [está nos Testamentos] : certo homem devia muito dinheiro ao rei, e quando foram fazer contas, o rei teve misericórdia, e perdoou-lhe toda a dívida.
Saindo da presença do rei, este homem foi ter com aqueles que lhe deviam pequenas quantias e, como não lhe podiam pagar, mandou lança–los na prisão.
Quando o rei soube disto, entregou o homem aos carrascos, confiscou todos os seus bens, e toda a sua família foi vendida como escravos, para que trabalhassem até que pagassem toda a dívida.
Algumas pessoas dizem : eu perdôo mas não consigo esquecer.
Só que, quando você é perdoado de alguma falta, fica como se nunca tivesse pecado.
E não se lembra mais disso.
Nós também temos que fazer o mesmo, quer dizer, perdoar e esquecer o mal que nos fizeram ; a dica é apagar de coração as ofensas cometidas contra si.
A razão pela qual algumas pessoas sofrem de artrite, úlceras no estômago e até esgotamentos cerebrais, noites sem dormir, e mesmo câncer, é porque elas se recusam a perdoar.
E porque não perdoam, o universo também não lhes pode perdoar ; por conseguinte, sofrem as maldições que sua atitude lhes quiser pôr.
Se alguém o ofender, perdoe a pessoa nesse mesmo instante, no ato mesmo ; não deixe passar um dia sem perdoar.
Por quê ?
Porque está a dar lugar a um desequilíbrio com o universo, que virá a si com pensamentos errados acerca dessa pessoa que ofendeu.
E à medida que o tempo passa, mais rancor começa brotar do seu coração e a sua comunhão com o Cosmo fica cortada.
AMAR É NÃO SE ENVOLVER EM CONTENDAS, DISCUSSÕES E GUERRINHAS
Dizem que onde há inveja, e espírito faccioso, aí há perturbação e toda a obra perversa ; então o universo não opera com justiça ; no meio disto tudo há todo tipo de más obras.
Há pessoas que perderam curas e outras bênçãos por se envolverem em discussões e contendas.
Discussões, guerrinhas e contendas são a causa de algumas firmas sofrerem com problemas e chegarem a fechar ; são a causa de famílias se desfazerem, casamentos acabarem em divórcios, filhos se desviarem por maus caminhos; empregados serem mal remunerados, etc. e tal.
O meu conselho é : nunca se envolva em contendas ; e se alguém o provocar, AFASTE-SE ou NÃO RESPONDA.
Uma discussão precisa sempre, pelo menos de duas pessoas ; se você não participar, já não há discussão.
AMAR É ... NÃO MANIPULAR, NÃO APONTAR COM DEDOS, NÃO FALAR VAIDADES
O universo só irá responder às preces do povo se ele :
a) "TIRAR O JUGO DO MEIO DE SI" – parar de manipular outras pessoas, usando influências, dinheiro, sexo, etc. ; o universo não manipula ninguém ; e só se conecta a ele quem quer.
E se o próprio universo não manipula, também ninguém tem esse direito.
b) "DEIXAR DE APONTAR COM O DEDO" – não apontar os defeitos das outras pessoas.
Quantas vezes não lhe vem contar : "Ah, tu sabes que o Fulano fez isto e mais aquilo ..." as pessoas têm uma tendência para ver o mal dos outros, mas não se lembram que todos nós falhamos.
Se alguém apontar dedos aos defeitos de alguém, pode com justiça ser chamado de hipócrita.
c) "DEIXAR DE FALAR VAIDADE", é deixar de se vangloriar, intitulando-se de "maior", "melhor", "perfeito[a]", etc.
Muitas vezes as pessoas dizem : "Ah, eu é que entendo disto, não aquele, não há ninguém melhor que eu nestas coisas ...".
O amor é também encobrir a transgressão dos outros ; amar é ter palavras construtivas com respeito às outras pessoas.
Andar em amor é a porta para um bom relacionamento, para que as bênçãos do universo fluam continuamente sobre nós.
Decida desde já andar em amor, custe o que custar – aliás, não custa nada, mesmo ...
AMAR É ENCOBRIR A TRANGRESSÃO DOS OUTROS
Já diz o ditado : "O que encobre a transgressão busca a amizade ..."
Outra estorinha conta que Noé despiu-se na sua tenda, embriagado, e que um dos seus filhos o viu, e contou a todos que o seu pai estava despido na sua tenda ;quando os outros filhos souberam, foram até ele, com a cara virada para trás, e taparam a nudez de seu pai.
As pessoas descobrem e veiculam as transgressões dos outros para que as suas próprias falhas não sejam notadas.
Mas, é cobrindo as falhas dos outros, que as nossas também serão encobertas.
AMAR É FALAR PALAVRAS CONSTRUTIVAS COM RELAÇÃO ÀS OUTRAS PESSOAS
Outro ditado : "Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem".
Esteja sempre de acordo com o universo ; olhe para as outras pessoas como olhasse a partir do universo ; fale das outras pessoas o que os astros falam.
Encubra a transgressão, fale palavras construtivas sobre as outras pessoas.
Todos juntos, somos como um corpo ; se você falar mal do seu irmão, está a falar mal de si mesmo.
" Antes de atirar barro, à casa do seu vizinho, lembre-se que vai sujar as suas mãos ".
Quando alguém fala mal de outra pessoa, esse mal o contamina primeiro.
Diz–se que " O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca ; isso é o que contamina o homem ".
Se você deixar que o amor do universo controle suas emoções e todo o seu ser, então quando você clamar o universo lhe responderá sempre.
Andar em amor, essa é a porta para um bom relacionamento com o como, e para trazer o poder do universo para a sua vida.
ANDAR SEMPRE EM AMOR
É curioso como variam os dogmas entre as muitas igrejas ; em algumas as senhoras não podem usar brincos, nem podem cortar o cabelo ou usar maquiagem, caso contrário são severamente criticadas.
Mas, interessante, nessas igrejas se toma café, e não se opõe a que os irmãos bebam um pouco de vinho às refeições.
O curioso é que em outros países e congregações, eles condenam o hábito de tomar café e de beber qualquer tipo de bebida alcoólica ; no entanto, as pessoas podem usar as roupas que quiserem, e não há oposição a que as senhoras se pintem ...
Quer saber ? penso que não temos nada que nos intrometer com o modo de vestir das pessoas, desde que se vistam com decência.
Isto tem muito a ver com andar em amor porque, quando alguém começa a apontar dedos e criticar o modo das pessoas se vestirem, se usam brincos ou não, etc. e tal, já está a se desviar do amor ágape.
Minha opinião é que, desde que as pessoas não sirvam de escândalo, a gente deve é deixar que cada qual seja é ; isto é ágape.
A Natureza nos fez todos diferentes ; a evolução fez os povos com cores diferentes, com tipos de cabelo diferentes, com olhos de cores diferentes, com costumes diferentes e com modos de alimentação diferentes.
Podemos perfeitamente deixar os outros serem como eles são, e amá-los do jeito como eles estão ; acaba sendo mais fácil ...
Outro belo ditado : Não julgueis,para que não sejais julgados ; “t‘á na Bíblia, pr’á variar”.
Hoje em dia podíamos dizer assim : " Porque reparas tu no brinco na orelha do outro e não reparas nos teus próprios defeitos? "
O que nós temos a ver com a maneira de vestir do outro, com a maneira de ele usar o cabelo, etc. ?
Nós só temos que deixar os outros serem como eles são ; aliás, ninguém tem competência nem capacidade para saber o que é melhor para o outro na vida do outro ; o que temos é que andar em amor.
Temos sempre uma tendência para acharmos que estamos certos, e que os outros estão errados ; mas os outros também podem pensar o mesmo acerca de nós, acerca dos nossos costumes.
E é aqui que muito ‘dono da verdade’ é derrotado, fazendo comentários e críticas em relação aos outros.
Podemos fazer perfeitamente como os grandes profetas ensinaram – Confúcio, Buda, Cristo, Maomé, Moisés, orixás, vishnas – nunca olhar para os nossos defeitos mas para as nossas virtudes.
A gente pode muito bem olhar para si e começar a pensar o que é que a gente será daqui a uns tempos, quando já estiver mais perfeito[a].
É assim que devemos pensar das outras pessoas também.
Mais uma estoriazinha : certa vez no Brasil, em uma apresentação em uma escola, apareceu um homem completamente bêbado (e como o local era uma escola, não se fazia apelo à salvação nas apresentações) ; ele chegou mal cheiroso, e a primeira impressão humana que o apresentador teve foi pensar "que vergonha" ; a primeira reação foi mandá-lo embora, mas então ele se lembrou do amor (aquele, o do universo) e que tinha que haver algum motivo para que o homem estivesse ali.
Encheu–se de paciência com o homem, não olhou para o seu estado, mas para aquilo que o universo queria fazer por ele ; e lhe perguntou : " O quê que está aqui a fazer?" e o outro respondeu : " Estou muito bêbado."
Ao menos era honesto, pensou ... e continuou perguntando : " Mas o que é que veio fazer aqui ?" e o outro : " Bem, eu quero ajuda ... "
Graças aos Céus, este veio ao lugar certo, pensou o apresentador !
Se você topar com alguém de um modo que não o compreenda, agradeça porque a pessoa lhe veio para ser endireitada ; use o poder do universo !
Conta o apresentador que explicou ao homem bêbado o que era a salvação ; o homem recebeu os ensinamentos e logo a seguir até seus olhos já brilhavam ; ficou sóbrio ; o conhecimento e a vontade lhe tiraram a embriaguez.
A lição a tirar disto é que não podemos olhar somente para a aparência da pessoa, nem no que ela andou aprontando ; temos mesmo é que olhar para ela com os olhos do universo e pensar :" olha que o homem maravilhoso que ele vai ser depois de entregar a vida ao bem maior."
Muita gente deseja ter o poder de se comunicar co o universo, mas o cosmo não pode dar já essa arma, como um pai não pode dar uma atiradeira a um garotinho de 5 anos, para ele não atirar nas galinhas ou no vizinho, pois ele ainda não tem responsabilidade.
As palavras têm poder, não são somente algum ‘apelido’ que damos às coisas !
Se você tivesse já todo o poder do universo, você poderia dizer uma palavra e a coisa aconteceria instantaneamente ; mas, ao conduzir o seu automóvel, se alguém fizesse uma manobra que você não gostasse, você poderia falar algo e matar o homem.
Por isso, você somente vai começar a receber mais e mais poder (proveniente da sua fé no cosmo) quanto mais andar em amor.
É simples, é a forma de o universo operar.
Tem gente que olha para os profetas e diz que tudo o que eles falam acontece ; mas o que elas não sabem é o que eles têm de fazer : eles têm que andar em amor !
O universo promove as pessoas e não precisa de nenhum ‘intermediário’ – pastor, padre, monge, rabino, etc.
É só a pessoa andar em amor ; deixar de falar mal de todo o mundo ; deixar de pensar que todos estão errados e que ela é que está certa ; deixar de querer ter razão em tudo ; tratar de querer aprender mais, e sempre ... .
Se você quer continuar apontando os dedos, os defeitos dos outros, tudo bem ; mas assim não vai conseguir apoio para seus intentos ; se você resolver não apontar os defeitos de ninguém, decidir–se por andar em amor, é o amor ágape que virá em seu apoio ; não são beijinhos, nem sentimentos o que se precisa ; é necessário agir com certas formas de proceder na vida.
O que é andar no amor do universo :
1 - Não apontar dedos. Não critique os outros, não julgue, deixe cada um ser como ele é ;se ele tem defeitos, ou está mal na vida, veja o lado positivo dessa pessoa e ore por ela.
2 - Não se envolva em contendas. Andar em amor é você recusar-se a envolver-se em guerrinhas, discussões, contendas, desarmonias, porque assim você está a abrir a porta da sua vida para as más intenções entrarem e fazerem o estrago.
Perdoar é uma decisão nobre e traz vitória para a vida das pessoas.
Aos casais, a idéia é que, se perdoem uns aos outros e que mantenham o amor limpo, um diante do outro.
Nossa vida é uma passagem em não há tempo para nos melindrarmos, nem nos enganarmos, porque o nosso tempo é apenas suficiente para nos aperfeiçoarmos no contato com o cosmo.
O amor difìcilmente notará o erro dos outros, esse é o ágape ; o amor sempre defende as pessoas que ama, mesmo quando pensa que a outra pessoa está errada ; e, aparentemente, o universo sempre o defende mesmo quando você está errado ; até mesmo nas grandes estórias bíblicas há relatos de que mesmo os profetas – Moisés, Davi – falharam, cometeram adultério, mataram, e mesmo assim foram perdoados ...
É assim que você pode também ser para os seus irmãos.
Andar em amor é a força maior que existe.
O cosmo não tem amor, ele É amor ; tem fé, mas não é a fé.
A fé move montanhas, cura paralíticos, dá vista aos cegos, ouvido aos surdos, faz com que o mar se aquiete, resolve os maiores problemas, é a força do cosmo, mas o universo não é fé, ele é amor.
Amor é a maior força de todas.
Quando você começar a andar mais e mais em amor, você vai ter mais e mais vitórias.
Chegará o ponto em que você não faz nada e tudo acontece, porque está em comunhão com o universo.











AH, O AMOR ... ! Nick.

Nenhum comentário:

Postar um comentário