quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

GEL CURATIVO E PROTETOR

Este é um produto fitoterápico, de formulação gentilmente cedida pela Panizza.



Sobre este asunto, eu mesmo fiz um experimento, e aqui vai meu testemunho.



Há algum tempo fiz algumas neoplasias do tipo carcinoma basocelular, no rosto e nos ombros.

Como forma de tratamento, apliquei uma pomada de fluoruracila, que surtiu efeitos e deixou as escaras de praxe.

Sem outra intervenção, a recuperação da epiderme levaria de 10 a 15 dias.

Com o uso do gel, entretanto, as escaras se desprenderam em somente 2 dias ! e a pele retornou como nova.

Foi um espanto, até eu fiquei surpreso, e olha que estou habituado ...











d:\dados\ saúde \ higienismo \ produtos / formulação anti neoplásica..

.

GEL ANTI NEOPLÁSICO E PROTETOR SOLAR.

formulação indicada por Rogério Silva Veiga.

Nestes cabeludos tempos de descompassos, muitas pessoas têm se visto às voltas com lesões de pele – as tais neoplasias.

Há muitos tipos de lesão, algumas benignas como as queratoses ou as manchas de melanina ; outras levemente malignas como os carcinomas – baso ou espinocelulares ; outras ainda muito agressivas como os melanomas.

A fitoterapia tem um grande arsenal de produtos com capacidades de cura de lesões e recuperação da epiderme – e até mesmo de camadas mais profundas da pele.

Um dos principais fitoterápicos é a babosa, a conhecida Aloe Vera.

Rogério Silva Veiga é um farmacêutico, estudioso da fitoterapia, e gentilmente se dispôs a trazer à luz uma formulação com base no gel de babosa, com adição de decocções de chá preto e chá verde, e ainda aplicação de tinturas de chá mate, alecrim e tuia.

O que segue é uma preparação caseira, do tipo ‘faça–você–mesmo[a]’.

Eis a formulação :

Gel de Aloe Vera ‘in natura’ [babosa] 50,0 g

3 sachês de Camélia Sinensis [chá preto] 4,5 g

3 sachês de Camélia Sinensis [chá verde] 4,5 g

Tintura (1:5) de Rosmarinus Officinalis [alecrim] 4,0 ml

Tintura (1:5) de Ilex Paraguaiensis [chá mate] 4,0 ml

Tintura (1:5) de Tuja Occidentalis L. [tuia] 4,0 ml

Água fervida, filtrada, higienizada [água leve] 250 ml

E a preparação :

Decocção

Colocar os 6 sachês em recipiente com 250 ml de água e ferver por 2 minutos em fogo médio.

Tampar e deixar que esfrie à temperatura ambiente.

Adicionar à preparação.

Gel

Abrir as folhas de babosa, retirando o gel in natura – ou então usar o liofilizado diretamente.

No liquidificador, bater os 50 gramas de gel – in natura + liofilizado – e juntar 40 ml da decocção.

Não bater por muito tempo – ½ minuto no máximo, evitando assim uma grande formação de espuma.

Adições

Após homogenizado o gel, adicionar manualmente cada tintura ; a agitação no liquidificador compromete a eficácia da tintura.

Termino

Em balança doméstica, corrigir a massa obtida no preparo para 100 g, adicionando manualmente mais decocção.

Caso a mistura fique pouco gelatinosa, pode–se ainda adicionar mais gel liofilizado para que o produto fique ao gosto de quem vai usar ; entretanto, muito gel vai tornar o produto mais encorpado, dificultando a aplicação.

Este gel pode ser usado também como fixador nos cabelos, e ainda por cima é um protetor solar !

.



Nenhum comentário:

Postar um comentário