quarta-feira, 19 de novembro de 2008

cloreto, iodo, deutério - como lidar com eles !


Com muita gente perguntando sobre os mesmos assuntos, resolvi publicar o artigo com dicas sobre reposição da cálcio, higienização de alimentos e preparo de água livre de deutério ... e 'otras cositas más'.



d:\dados\saúde\higienismo\água-cálcioíodo..
.
-CÁLCIO-IODO-ÁGUA-.
dicas de higienização em testemunhos de higiene alimentar, corporal e ambiental
Cloreto de Magnésio [MgCl2]
Estamos todos carentes de magnésio [Mg], devido a que nossas terras ficaram pobres deste mineral.
O Mg responde pelo gerenciamento de cálcio [Ca] no organismo ; carente dele, nosso corpo fica usando o Ca onde não devia : faz bico-de-papagaio, esporão, osteopenias e osteoporoses, solda juntas com artrite e artrose, faz cálculos renais e biliares, aneurismas ... enfim, muitos e variados sintomas sem solução alopática.
Essa é a má notícia ; a boa é que há solução, sim ! mas não alopática.
A solução está em repor o Mg tomando diariamente em jejum um cálice de uma solução de MgCl2 a 2 ~ 7 % de concentração em água – mas água leve ; conforme a idade, aumente a freqüência [ solicite o artigo no arquivo específico CLORETO DE MAGNÉSIO–RELEASE].
Outra boa nova - É BARATO - cada envelope ou frasco do sal com 33 gramas é vendido a cerca de R$ 2,00, em qualquer farmácia.
Como fazer : comprar o MgCl2 ;
dissolver em um pouco de água ;
verter em garrafa vidro escuro de 1,5 litro, por exemplo desses de suco de uva natural ;
completar com água [dá uma solução a 3,3 % de concentração] ;
tomar 1 cálice em jejum, todo dia ... e mais durante o dia ... e PRONTO !
O Cloreto de Magnésio age no seu sistema refazendo o gerenciamento de cálcio no organismo ; com isso, dissolve bicos-de-papagaio, pedras nos rins e cálculos biliares ; retira o cálcio das juntas afetadas por artrite e artrose ; desfaz esporões nos calcanhos ; recupera níveis de cálcio nos ossos ; enfim, ajuda no equilíbrio ácido-básico do corpo, eliminando assim diversos sintomas e curando várias doenças.
Junto com o uso de um cardápio de qualidade – veja uma proposta em UM CARDÁPIO BÁSICO.DOC, pode melhorar substancialmente sua saúde.

.

.




Iodo na higienização.

De nada adianta lavar muito bem verduras e frutas e depois colocar de molho em Hidrosteril ou hipoclorito : têm que ficar uns 15 minutos e serem enxaguados para retirar o produto que fica impregnado ; ao enxaguar, lá se vai a higienização ; e acabam ficando com cloro [Cl] - metálico - nos alimentos ! que droga ...

A dica é fazer a higienização em solução de tintura de iodo a 2 % - dessas que se compra em farmácia por uma merreca para passar em machucados !

Como fazer ? é simples :
dissolver a tintura em água, até que fique cor de ouro ;
depois de lavar os alimentos, deixar de molho por 2 MINUTOS SOMENTE nesta solução ;
tirar excesso de água – com um ‘spinner’, chacoalhando, ... E PRONTO.
Não precisa enxaguar, nem fica o iodo impregnado, nem nada - e os alimentos ficam completamente limpos - pois o iodo mata tudo quanto é microorganismo e parasita !


















.

.




Água 'leve'.

Toda água contém certa porcentagem de água pesada - é a que tem deutério ao invés de hidrogênio 'normal' na molécula.
Deutério é o isótopo com 2 neutros e não 1 somente no núcleo.
Além desse, há outro isótopo ainda mais 'bravo', o trítion, com 3 nêutrons no núcleo, mas é extremamente raro e instável, e não se mantém na natureza.

Água pura, de geleira ou fonte freática profunda e não contaminada, tem cerca de 0,6 % de moléculas com deutério ; é o que nosso sistema suporta.
Mas as água 'por aí' têm 7 % e mais ... além dos outros horrores que as companhias de saneamento colocam na água que tratam [veja em A REALIDADE HORRIPILANTE SOBRE A ÁGUA.DOC] ; e nosso corpo sofre com essa carga de deutério, pesada e agressiva para nossas células.

Essas são as más notícias ; a boa é que TEM JEITO !
Sim, há um jeito de transformar água mineral em água leve, sem moléculas contendo deutério.
É que a água pesada congela - e, depois, degela - em temperaturas diferentes da água leve.

Então, é questão de congelar um recipiente com água, e depois degelar lentamente e ir separando a porção cristalina do gelo formado !
E, claro, descartar o miolo, que não é cristalino e fica como um resíduo – cerca de 20 a 30 %.
Simples, barato, e bem eficaz.

Pode-se usar este ‘resto’ de água para lavar roupas, ou passar no chão, ou usar nos vasos sanitários – mas nada de usá-lo para beber ou preparar alimentos.



.
Logo mais, vou publicar material sobre sabonete líquido germicida ... não percam !

Nenhum comentário:

Postar um comentário